Meteorologia de precisão: por que adotar na fazenda?

meteorologia de precisão
7 minutos para ler

Com o aumento da inserção da tecnologia no agronegócio, muitas novas ferramentas têm sido usadas para ajudar o agricultor a melhorar a produção, diminuir as perdas e tomar decisões mais acertadas. A meteorologia de precisão é uma dessas tecnologias.

Antigamente, a previsão do tempo era feita por modelos que consideravam pontos com espaços muito grandes entre si. Isso aumentava a probabilidade de erros. Agora, novos modelos e computadores mais avançados conseguiram diminui essa distância e têm permitido uma precisão maior.

Quer entender com mais detalhes do que se trata a meteorologia de precisão e como você pode usá-la em benefício da sua propriedade? Está tudo explicado neste post! Boa leitura!

O que é a meteorologia de precisão?

Para explicar como funciona essa tecnologia, precisamos antes falar um pouco sobre como é feito o monitoramento meteorológico.

Tradicionalmente, os resultados dessa ciência se baseiam em modelos numéricos. Um computador pega os dados coletados por satélites e estações meteorológicas e, por meio de cálculos, faz uma estimativa de como estará o tempo nos próximos dias e semanas.

“Essas simulações são como redes de futebol, em que a conta da previsão é feita somente nos nós. Algumas simulações têm esses nós muito separados uns dos outros. Ou seja, são muitos quilômetros de distância. Se os colocássemos em um mapa mundi, às vezes seriam centenas de quilômetros entre um nó e outro”, ilustra Celso Oliveira, meteorologista da AgroSomar.

No interior dessa área gigante entre cada um dos nós dessa rede, muita coisa pode acontecer. Por exemplo, uma grande nuvem pode se formar e causar uma chuva forte de forma extremamente isolada que não estava na previsão do tempo para aquele período, pois os nós não indicavam a presença dessa nuvem.

O avanço da tecnologia tornou possível analisar nós com distâncias menores entre eles. Hoje em dia, já existem simulações experimentais que tentam trabalhar com distâncias de apenas algumas centenas de quilômetros. O impacto disso no dia a dia das pessoas é enorme.

“Hoje, com a melhora na resolução da simulação, você consegue enxergar a previsão de uma cidade por bairros. Se pensarmos em agricultura, principalmente para grandes fazendas, você consegue determinar qual será a condição de tempo em cada área da propriedade. Isso facilita a vida do produtor na hora de tomar decisão”, detalha Oliveira. 

Essa é a agricultura de precisão. A nova tecnologia permite a previsão do tempo não para a região onde está situada a sua propriedade, mas para partes diferentes dentro da própria fazenda.

“Com isso, é possível melhorar a tomada de decisão para o plantio, colheita ou para uma atividade determinada de campo. Por exemplo, eu quero fazer a aplicação com avião e quero saber as áreas da fazenda onde o vento será mais fraco ou quero entender onde o defensivo agrícola não vai se dispersar tão facilmente”, informa o meteorologista.

Por que adotá-la na fazenda?

A chegada da meteorologia de precisão na agricultura traz uma série de benefícios para o produtor rural. Veja a seguir algumas das principais razões para adotá-la na fazenda.

Redução de perdas e desperdícios

A diminuição das perdas e desperdícios de insumos é uma das grandes vantagens da meteorologia de precisão. Para citar um exemplo, caso o produtor precise fazer uma pulverização de defensivo na fazenda, ele pode aplicar somente nas áreas para as quais não estão previstas chuvas ou ventos fortes. Assim, não haverá o lixiviamento nem desperdício do produto.

Menores danos ao solo

A questão da aplicação dos defensivos está intimamente ligada à saúde do solo. Quando os produtos são lavados pelas chuvas, eles penetram em camadas profundas da terra. Como consequência, esse solo pode ficar impróprio para o plantio.

Diminuição de riscos

Saber como o tempo vai se comportar em cada parte da fazenda pode fazer o produtor assumir menos riscos na produção.

“Por exemplo, muitas vezes há uma previsão de chuva vindo e você vai plantar na fazenda toda. Não sabe exatamente qual área da fazenda receberá chuva. Com a meteorologia de precisão, você terá uma ideia em cada parte da fazenda, o quanto você terá de chuva e se ela será suficiente para germinação da semente ou não. Assim, é possível ter um gasto menor, escolhendo os locais certos para germinar”, explica Celso Oliveira. 

Tomada de decisão mais precisa

A meteorologia de precisão permite entender como será o comportamento da chuva, dos ventos e de outros aspectos meteorológicos nas diferentes partes da fazenda. Isso pode ser usado para benefício do agricultor.

“Por exemplo, você quer fazer a aplicação com avião e saber as áreas da fazenda onde o vento será mais fraco ou quer entender onde o defensivo agrícola não vai se dispersar tão facilmente. A meteorologia de precisão dá essas respostas”, afirma Oliveira.

Aumento de produtividade

A produtividade na fazenda está cada vez mais relacionada com a tecnologia. Tratores autônomos, sensores que medem os dados na propriedade em tempo real e ferramentas avançadas de meteorologia são algumas das soluções que têm mudado o perfil das fazendas. Como consequência, o negócio se torna mais eficiente e a produtividade aumenta.

Inovação

A inovação já é uma realidade e uma necessidade para empresas e negócios de todos os segmentos e não seria diferente na agricultura. O produtor que deseja manter o seu bom desempenho de mercado precisa acompanhar as mudanças e atualizar seu negócio.

Ao lado da meteorologia de precisão, outras ferramentas da agricultura 4.0 estão promovendo uma verdadeira revolução nas fazendas do mundo. O principal resultado é uma maior eficiência da propriedade e, claro, maiores ganhos para o agricultor.

“O principal papel da meteorologia de precisão é ter simulações feitas por computador com uma resolução mais apurada. Tudo para ter uma ideia da dimensão espacial dos fatores naturais, até mesmo da radiação solar. Com isso, é possível racionalizar os custos, fazendo com que cada área receba aquilo que precisa, nem a mais e nem a menos”, conclui Oliveira. 

Atualmente, já existem empresas brasileiras que oferecem serviços de meteorologia de precisão para produtores de propriedades com diferentes portes. O AgroSomar é uma ferramenta que entrega dados sobre o tempo e o clima na região da fazenda e permite controlar culturas personalizadas. O agricultor também tem acesso a dados como o balanço hídrico, vazio sanitário e outros.

Quer conhecer mais sobre os nossos serviços? Entre em contato conosco e conte-nos sobre a sua propriedade! Nós podemos orientá-lo sobre o melhor plano de serviços para a sua demanda!

Você também pode gostar

Deixe um comentário